Descubra as melhores e atuais dicas de produtividade para quem trabalha de casa. Organize sua rotina e saiba manter o foco, com leveza e fluidez.

Sempre ouvi dizer que era difícil trabalhar de casa e por isso, decidi compartilhar as dicas de produtividade que me ajudam no cotidiano.

Hoje percebo que é diferente você ter toda a sua vida organizada para trabalhar fora e de vez em quando trabalhar de casa e trabalhar de casa todos os dias, onde sua vida pessoal pode interferir o tempo todo na sua vida profissional.

Dicas de produtividade

Então, pensando sobre isso, peguei dicas de produtividade em uma Comunidade de Empreendedores Criativos. Algumas eram coisas que eu mesmo já fazia e outras que não conhecia, como o brainware. Deixei até umas frases que gostei bastante como citação, pois acho que são problemas comuns a muitos. Foram tantas dicas legais que eu sistematizei, fiz minhas observações e trago aqui pra vocês.

CRIE UM ESPAÇO APROPRIADO

Se você trabalha em casa, ter um espaço definido é bastante importante para ajudar na organização e foco. Se puder ter um cômodo só pra isso, ótimo!

Caso seu escritório for na sala ou no quarto e, especialmente se não morar sozinha, você precisará ter alguns cuidados, como dividir o espaço com plantas ou algo que possa delimitar o ambiente.

Definir o melhor horário de trabalho também pode ser um desafio, mas algo muito importante para manter a harmonia na convivência com os demais moradores, sem interrupções ou barulhos que atrapalhem.

PLANEJE

“A principal dificuldade é me organizar. Tô buscando fazer isso com leveza e fluidez.”

O planejamento é, pra mim, a parte mais importante para um dia produtivo. Não apenas para quem trabalha de casa, mas pra qualquer pessoa, na vida profissional e pessoal. Mas, se trabalhar de casa é um desafio pra você, então se planejar deve ser uma prioridade!

Para isso, há uma enormidade de dicas, mas a mais importante é estabelecer as tarefas para o dia, o que de cara já sugiro que seja feito no dia anterior.

Planejamento é prioridade

Isso porque acordar com um norte pra seguir já te dará uma tranquilidade enorme, e você começa o dia focada, sem deixar que mensagens, e-mails e demais demandas te tirem do seu objetivo, que você estabeleceu com consciência, um dia antes.

Sem contar que não é nada produtivo ficar parando a todo momento e pensando: o que devo fazer agora? O que é minha prioridade?

É claro que nem sempre as coisas acontecem como programado, então começar com as tarefas mais importantes vai garantir, ou pelo menos evitar, que você termine o dia tendo feito uma porção de coisas, mas deixando pra trás aquela que era primordial.

Agora uma coisa importante: faça do seu jeitinho! Gosta de papel, maravilha! É uma app addicted, great! Prefere o desktop, beleza!

Ou ainda se gosta de começar no papel e transferir pro computador ou aplicativo, não se preocupe se está tendo “retrabalho”. Respeite o seu processo, pois o importante é você se sentir confortável.

Por exemplo, eu prefiro o computador ou aplicativo, mas há algumas vezes que eu sinto necessidade de colocar as coisas no papel. Parece que as ideias fluem melhor. Então misturar também pode ser a sua praia. ; )

SEPARE POR PERÍODOS DO DIA OU TEMAS

Uma super dica simples de gestão do tempo que recebi anos atrás foi: identifique sua hora mais produtiva e organize suas tarefas tirando o maior proveito delas.

Bem, não me lembro como foi dito, mas foi isso que ficou pra mim. Até mesmo porque quando fui pensar nisso, achei que no meu caso o melhor horário era a tarde, já que eu não acordava tão cedo. Mas olhando mais de perto, vi que a manhã era o horário mais produtivo! Bastava eu ajustar o meu horário de ir dormir.

É a hora que me sinto mais disposta e também criativa. Bem, sabendo disso, sugiro que reserve o seu horário mais produtivo para as tarefas que exigem mais concentração e deixe as tarefas operacionais para outra hora.

Uma outra forma é separar os dias da semana ou horários dos dias por “temas”.

Testando temas

Por exemplo, você pode separa um dia para ler, um para escrever, um para reuniões, outro para resolver coisas na rua etc. Ou se você tem mais de uma atividade, um dia para trabalhar nos cursos e Workshops, um para o blog, outro para o coaching.

Agora se preferir, também pode se organizar da seguinte forma: manhãs para atividades espirituais e leituras, tarde para escrever, noite para atividades operacionais.

Ultimamente eu separei um tempo para resolver pendências. É uma hora que tiro para aquelas atividades como “ligar para a Net” : 0, “marcar médico” etc.

Nessa hora, eu abro minha listinha do To do Ist e vejo o que está lá e posso resolver. Assim consigo finalizar várias coisas de uma vez só. E ainda posso usar o recurso de etiquetas para filtrar tarefas similares. Por exemplo, posso fazer várias ligações, vendo as tarefas com a etiqueta “ligar”.

Falarei mais disso em outro post sobre aplicativos de produtividade. Essa é uma forma de evitar que as atividades menos importantes fiquem se acumulando, aumentando minha lista e gerando ansiedade e também de evitar que tarefas que eu não tenha feito por falta de tempo virem coisas urgentes e me atropelem.

SET THE MOOD

Essa é uma simples, mas muito eficiente dica de produtividade!

Criar uma rotina que te permita ter a sensação que a hora de trabalho começou é uma dica de muitas pessoas que trabalham de casa. Tomar um banho e vestir uma roupa, mesmo que casual, ao invés de pular da cama e ir trabalhar de pijama.

Rituais próprios

Aliás, se há um luxo de trabalhar de casa é poder ficar bem confortável, né? Arrumar sua cama, se você trabalha no quarto, e organizar a mesa pra começar (meu ponto fraco) podem te ajudar bastante já que ter um ambiente organizado ajuda também a manter o foco.

Mas além disso, você pode criar alguns rituais bem próprios. Meditação tem sido um hábito com cada vez mais adeptos. Uma música é sempre bom pra dar uma alegrada também.

E pra aquelas que são movidas a café, tomar aquela xícara de café quentinho é tudo de bom! Algumas pessoas dizem que só conseguem começar mesmo o dia depois de um bom café. Se você é dessas, então reserve um tempinho pra esse momento especial.

APENAS COMECE

Uma das principais dicas de produtividade é: comece. Às vezes a gente se programa pra escrever um texto, um e-mail e… cadê a inspiração? Nestes casos, sente de frente pro seu computador ou pegue seu caderninho e apenas comece!

Comece a escrever, sem pressão. Permita-se escrever qualquer coisa, mesmo que não te pareça bom. Esse é um exercício que muitos escritores utilizam e, quando você perceber, as coisas já estarão fluindo.

Mas, se de todo não estiver dando certo, faça uma pausa, faça algo de que goste, mas com hora pra voltar e começar de novo, hein?

FOCO

Eu não poderia falar de dicas de produtividade sem falar de foco! Manter o foco pode ser uma tarefa difícil já que recebemos mensagens a todo instante, de todos os lados. Então usar algumas “ferramentas” podem ajudar muito.

Primeiríssima coisa: desative a bendita notificação de e-mails! Aquela mensagenzinha que aparece sempre que chega algo novo. Essa foi uma coisa que fiz há anooos atrás e nunca fez falta. Acredite!

Defina hora para tudo!

Ter hora pra checar e-mail é muito melhor que ficar abrindo sua caixa a cada 30 segundos. E deixe as redes sociais fechadas no seu computador e os grupos de WhatsApp silenciados.

Outra coisa é colocar o celular em modo avião, caso você tenha essa opção. Existe até um estudo que mostra que a nossa produtividade cai em x% por causa dessas interrupções.

Ouvir música…

Ouvir música pode ou não funcionar pra você. Pra mim ajuda muito se for um jazz ou New Age, por exemplo (mais alguém ouve isso?) Algumas pessoas gostam de música instrumental também, mas existe uma coisa chamada “brainware”, já ouviram falar?

Pois é, busque aí no seu Youtube ou Spotify/Deezer por “brainwave music” ou “studying music” ou apenas “foco”. São músicas que prometem ajudar no foco, concentração e tem também para dormir. Se você gostar, use um headphone daqueles que isola o som ambiente. São muito bons! E assim, utilizar as outras dicas de produtividade fica ainda mais divertido.

PRODUTIVIDADE

“minha principal dificuldade é manter o foco e parar quieta na cadeira. Comecei usar a técnica pomodoro e tem me ajudado MUITO”

Atualmente muitos já conhecem a técnica Pomodoro. Se você nunca ouviu falar, vou explicar.

Se já conhece, pule para o próximo parágrafo. Para aplicar a técnica, basta dividir suas tarefas em “pomodoros”, que são intervalo de 25 minutos. A cada pomodoro, faça uma pausa de 5 minutos.

Ao final de 4 pomodoros, faça uma pausa maior, de 15 a 30 minutos. Para isso, use o alarme do seu celular ou um timer de cozinha. Estou te dizendo, as dicas de produtividade podem ser as mais variadas possíveis!

Qual o objetivo da técnica pomodoro?

O objetivo dessa técnica é aumentar o foco, reduzindo as interrupções e aumentando assim a produtividade. Portanto, nada de ficar checando o celular, e-mail etc. Já falamos disso.

E se você sabe que em 25 minutos não poderá checar mensagens, então fica mais fácil de se controlar com relação a isso. É uma meta!

Alguns aplicativos que podem te ajudar a melhorar a Produtividade são Trello, To do Ist, Asana, Evernote, além de aplicativos de agenda como Google Agenda e Calendário do Outloook. Falarei mais disso em outro post.

ROTINA

“mais difícil do que se organizar, é cumprir com os combinados que você fez com você mesmo”

Depois que você estabelecer sua rotina, tenha a disciplina de mantê-la. As dicas de produtividade podem servir como guia, mas sem execução não servem para muita coisa.

Acredite no potencial do que você organizou e na força de manter o foco para realizar, não apenas mais coisas, mas para fazer as coisas de forma mais consciente e com mais leveza, pois o mais importante de se organizar é poder ter a tranquilidade e o controle de suas tarefas ao invés de ficar sempre “apagando incêndios”.

Necessidades

No entanto, saiba que as necessidades vão mudando e você também deve ir alterando sua rotina. Tenha flexibilidade para isso.

E quem trabalha em casa com filhos pequenos terá um desafio extra, pois as crianças demandam atenção e nem sempre vão entender que você não pode estar com elas.

Fiz isso por um tempo e achei bem difícil. Acabava sendo muito interrompida, o que diminuía minha produtividade, e acabava trabalhando muito à noite e de madrugada, muitas vezes já bem cansada.

Quando minha filha foi pra creche, ajudou bastante nisso. Eu passei a ter mais tempo de qualidade para o trabalho e também pra ela, já que como eu tinha um tempo determinado para trabalhar, agora as manhãs e as noites eu fico com ela.

MUDE OS ARES

Nem todo mundo é assim, mas ficar todos os dias em casa, me cansa. Eu preciso sair! E eu posso sair para caminhar, resolver alguma coisa na rua, e isso já me ajuda muito. Inclusive tenho ótimas ideias quando estou caminhando – a estrutura do Vision Board Workshop foi toda pensada enquanto caminhava.

Estou tentando estabelecer o hábito de caminhar todos os dias de manhã, mas independente disso, se estiver um dia travada, sem ideias, estressada, eu saio para dar uma volta e isso me renova!

Compartilhando com você

Uma das colegas que contribuiu com ideias para esse post deu a dica de fazer uma ligação da varanda, tomar um banho, fazer outra coisa. Eu infelizmente não tenho uma varanda, mas acredito que funcionaria muito bem pra mim também.

Mas uma coisa que gosto de fazer é trabalhar fora de casa de vez em quando. Esse post, por exemplo, eu terminei de escrever no CoffeeTown.

Deve ter uma explicação científica pra isso, pois trabalhar de outro lugar me ajuda a ter ideias frescas. Se você precisar de um lugar mais calmo, uma ótima ideia é buscar um coworking, que além do mais, é uma forma de conhecer pessoas novas e fazer networking.

PALAVRA FINAL

Não é minha, mas acho que caiu como uma luva e nem quis reescrever com minhas palavras. A Gabriela disse assim:

“se permitir trabalhar em casa é poder trabalhar com tranquilidade e com leveza, não adianta querer fazer home office com estilo de empresa” Gabriela Almeida
AGRADECIMENTOS ESPECIAIS A

Alessandra Avanzo, Ana Carolina, Bianca Facchim, Camila Braga, Carolina Sussumo de Agostino, Cilene Marques, Clarissa Donda, Daniela Caetano, Débora Guimarães, Érica Minchin, Fabiana Sá, Gabriela Almeida, Helena Tyrrell, Livia Rodrigues Vianna, Nath Hera, Renata Parisotto Battistuzzi, Silvia Cavalaro e Vanessa Reis

Lembrando também que você pode desenvolver e aplicar as suas próprias dicas de produtividade. O importante é não deixar de fazer!

Assine e receba conteúdos para inspirar!

E receba conteúdos para estimular a reflexão, conexão e ação

Sua assinatura foi realizada com sucesso! O eBook será encaminhado para seu email!

%d blogueiros gostam disto: