Se você deseja alcançar todos os seus objetivos para ter uma vida mais feliz e cheia de significado, definir metas pessoais é um passo muito importante.

Com as metas pessoais, você determina quais são os resultados esperados para que você alcance seus objetivos maiores de vida, indo além de uma visão de curto prazo.

Por isso, quando você estiver pensando em realizar sonhos, não se esqueça dos benefícios que boas metas pessoais oferecem!

O que é uma meta?

Enquanto o objetivo é o resultado que você quer alcançar, a meta é a quantificação e qualificação de seus objetivos, de forma a torná-los mais palpáveis e concretos.

Definir suas metas de maneira correta é o primeiro passo para um planejamento eficiente, que, quando colocado em prática, te deixa cada vez mais perto de seus objetivos.

Elas podem abranger diversas áreas da nossa vida, como saúde e bem-estar, relacionamentos, desenvolvimento pessoal e até mesmo criatividade. Por que não?

Mas, para que sejam realmente cumpridas, é preciso:

  • Ser realista e específica;
  • Dividi-las em etapas;
  • Desenvolvê-las em prazos pré-estabelecidos;
  • Manter a persistência e determinação.

Assim, você tem um norte para seguir, e porque seu caminho se tornará mais claro e fácil, você evita se frustrar por não estar trabalhando em busca dos seus sonhos, não é mesmo?

O que são metas pessoais?

As metas pessoais são aquelas relacionadas aos nossos objetivos de vida. Ou seja, os desejos que temos a partir de nossos gostos e necessidades.

Portanto, para que elas sejam cumpridas, não é preciso a ação ou interferência de outra pessoa, necessariamente.

Além disso, elas podem abranger desde coisas mais simples e de curto prazo, até planos maiores, que demandarão mais tempo e esforço.

Como exemplos de metas pessoais, temos:

Objetivo: perder 10kg

Metas: eliminar o meu consumo de doces nos dias de semana; fazer exercícios aeróbicos cinco vezes na semana; consultar uma nutricionista.

Objetivo: Aprender um novo idioma

Metas: entrar em um curso de francês; assistir vídeos e ouvir podcasts em francês.

Objetivo: Comprar minha casa própria

Metas: economizar 500,00 por mês; investir em um fundo com rentabilidade maior que a poupança; dar entrada em um financiamento.

Objetivo: Ter filhos e constituir família

Metas: Conversar com meu marido sobre o desejo de ter filhos; consultar minha ginecologista; deixar de usar métodos anti-concepcionais.

Objetivo: cultivar um hobby

Metas: me matricular em um curso de dança; frequentar festas com os colegas da dança; dançar em casa.

Aqui estão alguns exemplos básicos de como começar a construir suas metas pessoais. Mas, na verdade, para que você as encare como metas, elas precisam ser quantificáveis e ter prazo. Não se esqueça disso!

Artigo relacionado: Metas Smart: entenda como elas funcionam!

Também uma ressalva: embora as metas pessoais não estejam relacionadas à sua carreira, elas podem contribuir para o alcance de algum objetivo profissional.

Por exemplo, “escrever melhor” pode ser uma meta tanto pessoal quanto profissional. O que vai definir onde ela se encaixa é sua motivação e seu objetivo final.

Portanto, se você quer escrever melhor como um hobby, essa será uma meta pessoal. Mas se você é ou quer se tornar escritora ou jornalista, por exemplo, essa é uma meta profissional.

Qual a importância de definir metas pessoais?

Photo by Autri Taheri on Unsplash

Quando falamos da nossa vida pessoal, concluir uma meta significa estar mais perto de alcançar um objetivo próprio que, muitas vezes, pode ser o nosso grande sonho de vida!

No entanto, o que acontece muitas vezes é que as pessoas definem metas profissionais e até financeiras, mas as questões pessoais ficam em suas cabeças apenas como desejos.

Sabe aquelas resoluções de Ano Novo que nunca são cumpridas?

Pois é, muitas vezes o que falta é transformar seu sonho em uma meta concreta, e definir os passos necessários para se chegar até lá.

Por isso, você deve criar um bom planejamento, que defina a direção para onde você deve seguir, os recursos necessários, e o passo a passo a ser cumprido.

Só assim, dia após dia, você estará se movimentando para a realização de seus sonhos, mantendo o foco, e deixando aquela sensação de que sempre tem muitas atividades, mas que nunca há tempo suficiente.

Além de tornar o mais fácil a conquista de seu objetivo final, as metas ainda oferecem outros benefícios:

  • Aumentar a clareza sobre o que deve ser feito;
  • Criar a sensação de urgência, pois há um prazo a ser cumprido;
  • Aumentar a motivação para alcançá-la;
  • Criar prioridades mais facilmente;
  • Manter-se no foco.

Portanto, se você deseja realizar uma mudança significativa em alguma área de sua vida, criar metas pessoais é essencial para você.

Saiba como definir uma meta pessoal!

É possível que você imagine que possui várias metas pessoais. No entanto, talvez você tenha apenas objetivos ou uma lista de desejos.

O que acontece com muitas pessoas, na verdade, é deixar de definir esses objetivos. Como já expliquei, essas ideias ficam apenas dentro de nossas mentes, mas nunca se tornam algo específico para ser transformado em ação.

Por isso, se você quer saber como definir metas pessoais, pare um momento e pense:

  • O que eu preciso fazer para mudar minha realidade?
  • O que ainda falta para alcançar meu objetivo?
  • Quais são meus grandes sonhos?
  • No que eu desejo ser melhor?
  • O que eu tenho feito até o momento para conseguir isso?

Dessa forma, você começa a refletir sobre os seus sonhos e desejos. E esse é o passo inicial, importante, que vai te conduzir para a realização de suas metas.

Porém, uma meta precisa ser algo específico, quantificável e com prazo determinado. Então, você pode se aprofundar nesse assunto, com essas 5 dicas essenciais sobre como criar metas.

Como alcançar metas pessoais?

Se você está em busca de alcançar metas, com certeza possui algum bom objetivo para motivar sua saída da zona de conforto.

Mas antes disso, é preciso olhar para o agora.

É importante que, antes de pensar em qualquer resultado, você visualize o momento atual da sua vida relacionado à área que você deseja transformar.

Por exemplo, se você quer viajar e conhecer o mundo, mas nesse momento você não tem reservas para isso, você deve analisar:

  • Quais os recursos necessários para alcançar meu objetivo?
  • Qual é o prazo que eu preciso para atingir o valor que eu estipulei?
  • Como eu vou fazer isso?
  • Que mudanças eu posso fazer para me ajudar nesse processo?
  • Alguém pode me ajudar?

Só de começar a se fazer essas perguntas, você começa a imaginar o caminho para chegar lá.

Por exemplo, você pode chegar à conclusão de que, além de juntar dinheiro, vai fazer doces para vender no trabalho, e conseguir uma renda extra.

Você pode se comprometer a fazer mudanças nos seus gastos atuais para juntar mais dinheiro, em menos tempo.

Ou ainda você pode pedir ajuda a um amigo que tem experiência com viagens e pode te ajudar a encontrar passagens e hospedagens mais baratas.

Está vendo como colocar no papel e estabelecer metas concretas vai te ajudando a definir caminhos?

Se ainda assim estiver difícil, você pode se questionar: tem algo que eu possa mudar na minha meta para torná-la viável?

Você pode chegar à conclusão de que ficará satisfeita começando a viajar pelo seu próprio país, antes de conhecer o mundo.

Ou ainda pode começar pelos destinos mais próximos ou mais baratos, por exemplo, países do seu continente, ou países com moeda local desvalorizada ante à sua moeda.

Comece por algum lugar, trace sub-metas, e vá adaptando a sua meta de acordo com a sua realidade do momento.

Agora, confira alguns passos importantes para criar boas metas pessoais:

Defina um bom motivo

Photo by Alex Block on Unsplash

Muitas pessoas acabam utilizando razões ruins para criar metas, o que acaba fazendo com que elas não correspondam aos seus propósitos.

Para evitar isso, pense no impacto positivo que você quer causar em sua vida (ou na de outras pessoas) para criar suas metas.

Ou seja, ao invés de pensar em “ficar rica criando um negócio”, você pode se imaginar “tendo condições de empregar outras mulheres que te ajudarão a promover seu produto para a sociedade”.

Ou ao invés de “viajar pelo mundo”, que por si só já parece um excelente motivo, fortaleça sua meta, escrevendo o porquê você quer tanto isso.

Você pode dizer, por exemplo:

“viajar pelo mundo e conhecer lugares de natureza exuberante”

Ou, “viajar pelo mundo para conhecer diferentes culturas, aprendendo e ensinando meus filhos sobre tolerância”

Até mesmo, “viajar pelo mundo, conhecer diferentes realidades e ter inspiração para criar produtos ainda mais criativos”

Viu, como uma simples mudança de perspectiva torna seu objetivo muito mais interessante?

E é a partir disso, que você irá tirar a força de vontade para o cumprimento de suas metas.

Torne sua meta visível

Para conquistar suas metas, você deve focar sua atenção naquilo que deseja.

Por isso, ao invés de guardar suas metas em sua cabeça, deixe que elas fiquem visíveis, colocando tudo em um papel, quadro ou até coladas na parede em post-it.

Primeiro, faça isso porque o próprio ato físico de escrevê-las, vai tornar suas metas mais reais e tangíveis para você.

Depois, é importante que elas estejam dispostas de uma forma que você possa vê-las com frequência, se lembrar delas e sentir vontade de direcionar seus esforços para cumpri-las.

Nesse sentido, o Vision Board ou Quadro dos Sonhos é um método muito eficaz, pois além de ter essa proposta de estar sempre aparente, normalmente é feito a partir de imagens, o que torna a sua meta ainda mais fácil de ser visualizada.

Assim, você terá a visão dos resultados que quer alcançar, tendo mais motivação para cumprir seu planejamento.

Seja específica

Se você não deixar claro o que deseja alcançar, vai ficar muito mais difícil estabelecer os passos para chegar lá.

Portanto, há algumas perguntas que você pode se fazer:

  • O que você quer exatamente?
  • Quem é responsável por alcançar essa meta? Somente você ou alguém pode te ajudar?
  • Como você vai alcançá-la?
  • Onde ela será realizada?

Por exemplo, se você diz que sua meta é “melhorar o relacionamento com o meu marido”, o que isso quer dizer?

E ainda, como você vai fazer isso? Você precisa pensar, e principalmente, escrever.

Até mesmo porque essa definição vai ser muito particular, variando de pessoa para pessoa.

Portanto, você poderia dizer:

  • Fazer com meu marido, uma atividade que nos dê prazer (ir ao cinema, dançar, jantar fora, pedalar), pelo menos uma vez por mês.
  • Estabelecer regras da casa, para que a gente evite discutir coisas desnecessariamente.

Você pode começar daí, e depois vá explorando o como, quando e todos os detalhes que puder inserir, para que vocês façam um acordo que atenda às necessidades de ambos.

Escreva sua meta de forma correta

Existem algumas regrinhas que tornam nossas regras ainda mais eficientes.

A primeira delas é usar expressões como “eu irei” ao invés de “eu gostaria de”. Por exemplo: “eu vou fazer caminhadas três vezes por semana” ao invés de “eu gostaria de caminhar três vezes por semana”.

Assim, a primeira frase é escrita com muito mais comprometimento com o seu desejo do que a segunda, que já deixa brechas para você sair pela tangente caso não consiga.

Outra regrinha importante é evitar a palavra ‘não’.

Isso porque o uso da palavra negativa normalmente não serve para que você pense no que quer evitar, ao contrário.

Por exemplo, se você diz: não pense em um elefante. A única coisa que seu cérebro consegue fazer é pensar em um elefante.

Porque para saber em que não pensar, primeiro você precisa pensar.

Por conta disso, ao descrever sua meta, utilize sempre palavras positivas, como: “vou começar a comer frutas” ao invés de “não quero comer comidas industrializadas”.

Dessa forma, você terá o resultado correto em sua mente.

Outros artigos que podem te ajudar:

É importante lembrar que o processo de desenvolvimento pessoal, dependendo de quais forem suas metas, pode sim ser difícil.

No entanto, mesmo que a sua jornada seja demorada e cheia de percalços, ela é fundamental para que você alcance seus sonhos mais importantes.

Por isso, ao desenvolver suas metas pessoais, nunca se esqueça de que você está fazendo algo incrível por si mesma!

Assine e receba conteúdos para inspirar!

E receba conteúdos para estimular a reflexão, conexão e ação

Sua assinatura foi realizada com sucesso! O eBook será encaminhado para seu email!

%d blogueiros gostam disto: